Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
CEEEx

CEEEx - Institucional

O Centro de Estudos Estratégicos do Exército (CEEEx) é subordinado ao Estado-Maior do Exército (EME) e foi criado pela Portaria nº 051-EME, de 14 Julho de 2003, para estudar e propor políticas e estratégias de nível militar (não operacional), bem como acompanhar e avaliar, no nível nacional, políticas e estratégias ligadas aos interesses da Força.

Os trabalhos produzidos pelo Centro servem para subsidiar a Sistemática de Planejamento Estratégico do Exército (SIPLEx) e os planejamentos internos do Órgão de Direção Geral (ODG), Órgão de Direção Operacional e dos Órgãos de Direção Setorial (ODS).

Além disso, o Centro é responsável por incrementar o relacionamento do Exército Brasileiro com a comunidade acadêmica, por meio da realização de Seminários, participação em eventos acadêmicos e promoção de publicações sobre temas de defesa.

Desde 2012, o CEEEx realiza licitações anuais para contratação de pesquisadores. Os professores selecionados trabalham em parceria com os analistas do Centro na produção de artigos e ensaios sobre temas de defesa que podem afetar o planejamento estratégico da Força.

Quatro vezes por ano, o Centro organiza Reuniões Temáticas, abertas ao público, para discutir as questões levantadas nos trabalhos dos pesquisadores. O objetivo desses encontros é permitir a ampla participação da sociedade no debate sobre Defesa, além de difundir as problemáticas que estão em pauta no Exército e no Ministério da Defesa.

Em 2016, o Centro lançou duas publicações: Análise Estratégica e Artigos Estratégicos. As primeiras edições contêm ensaios e artigos produzidos pelos pesquisadores e, a partir das próximas edições, serão abertas para a submissão de trabalhos de toda a comunidade acadêmica.

O Centro de Estudos Estratégicos do Exército é responsável por:

  • Conduzir estudos prospectivos de interesse do Exército;

  • Avaliar as conjunturas nacional e internacional para determinar situações, na área externa ao EB, que aconselhem iniciativas da Força para superar conflitos e crises ou para atender interesses da defesa nacional;

  • Realizar estudos e propor políticas e estratégias que extrapolem o nível estratégico operacional;

  • Assessorar o Centro de Comando e Controle da Força Terrestre (CC2 FTer);

  • Promover e participar de reuniões, seminários, painéis e eventos similares, com os segmentos político, judiciário, acadêmico, empresarial e outros, no sentido de estimular a sociedade a refletir sobre a importância da defesa nacional;

  • Coordenar, por intermédio de canal técnico a ser estabelecido, o trabalho das diversas Assessorias e Centros de Estudos Estratégicos - existentes ou a serem criados no âmbito da Força - de forma a uniformizar procedimentos, estudos e atividades ligados ao assunto, evitando a dispersão de esforços e recursos;

  • Manter a ligação com entidades similares do Ministério da Defesa, das demais Forças Armadas e de outras entidades públicas ou privadas.

 

O Centro de Estudos Estratégicos do Exército tem por objetivo as seguintes atividades:

  • Estudar e propor políticas e estratégias que extrapolem o nível operacional, bem como acompanhar e avaliar, no nível nacional e internacional, políticas e estratégias de interesse da Instituição;
  • Conduzir estudos prospectivos em assuntos da área de influência da Defesa Nacional, a fim de identificar possíveis situações que visualizem a necessidade de iniciativa do Exército Brasileiro para superar óbices e aproveitar oportunidades, no intuito de orientar a Sistemática de Planejamento Estratégico do Exército na formulação de seus objetivos e estratégias decorrentes.
  • Avaliar as conjunturas nacional e internacional para determinar situações, na área externa ao Exército, que aconselhem iniciativas para superar conflitos e crises ou para atender interesses da Defesa Nacional.
  • Promover e participar de reuniões, seminários, painéis e eventos similares, com os segmentos político, judiciário, acadêmico, empresarial e outros, com a intenção de estimular a sociedade a refletir sobre a importância da Defesa Nacional e de assuntos no nível político-estratégico do País.
  • Manter a ligação com entidades similares do Ministério da Defesa, das demais Forças Armadas e de outras entidades públicas ou privadas.
Fim do conteúdo da página