Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Transformação com racionalização sistêmica: medidas para a sustentabilidade da Força Terrestre até 2022

Publicado: Quarta, 21 de Março de 2018, 14h52

Com base no relatório final do Projeto Interdisciplinar, com título homólogo, realizado pelos alunos do Curso de Política (CPEAEx) da Escola de Comando e Estado-Maior (ECEME), em 2017, o Coronel Átilla Queiroz de Barros discorre sobre o desafio do Exército de manter o seu Processo de Transformação, iniciado em 2010, que visa a dotar a Força Terrestre de uma nova doutrina, de meios adequados e das capacidades necessárias para fazer frente aos desafios do século XXI, diante da atual crise política, econômica e ética, pela qual tem passado o País. Em tal quadro, as medidas severas de austeridade orçamentária afetam programas estratégicos, exigindo uma reflexão profunda sobre a adoção de necessárias medidas de racionalização sistêmica, com vistas a garantir a sustentabilidade do Processo de Transformação e a manutenção da capacidade operativa da Força Terrestre.

O trabalho pode ser acessado integralmente pelo link.

registrado em:
Fim do conteúdo da página